-->
Novamente junto ao rio, desta vez com o corpo mais velho, mais inclinado para o chão como se um pequeno receptáculo de vidro se tivesse quebrado e dele caíssem todos os sonhos de mercúrio. Pode sempre dizer-se que não vale a pena, mas quando se fala para dentro é fácil morrer-se de repente. Pode-se assumir, num ápice, que tudo não passa de um equívoco que tem tanto de medíocre como de medonho. Quando se fala para dentro pode morrer-se tantas vezes que se acaba por desaparecer sob a intransigente memória de nunca ter refeito o caminho pra casa.

*

as casas engolem-nos
sumimo-nos,
estou num quarto só num quarto só
com os sonhos trocados
-->
com toda a vida às avessas a arder num quarto só “ 
A.R.Rosa

*

Estando imóvel, o homem, desconfia do vento. Sabe que ao passar da tempestade tudo arde. É verão. A planície composta de uma vegetação rasa deixa-o ver além do seu pedaço de terra. O carro passa na nacional e acerca-se da cidade. O estrondo do sol no pasto dourado e seco faz-lhe água na boca.

r marques
 
eis uma rocha
não se nada em uma. não serve para nadar. não é água.
não é um lago. não é o mar todo.
é uma rocha
                   e não serve para nadar.
não beije a rocha. ela não beija de volta.
e não é por ser reles,
                                 mas porque é uma rocha.
é da natureza das rochas não beijar de volta
é uma rocha
                   e não serve para nadar
                                                      ponto
não adianta querer mover a rocha
ela não tem bússola e cai onde calha
e também calha que não serve para nadar
porque é uma rocha
                               e não serve para nadar
e eis-me a mim
que também não sirvo para nadar
que não sou um lago (muito menos o mar todo)
lanço seixos achatados
como as minhas mãos
ao leito que sorve a minha guinada lírica
eis o silêncio
não se recua no silêncio. não se ganha no silêncio. não se perde também.
eis uma rocha, eu e o silêncio
um rio para atravessar


erre marques, erre
estou na posse de um alicate sentimental

que se morde no aço chora

erre marques